Portfólio resumido

Leonardo Bortolin Bruno – nome artístico: Léo Bortolin

Data de nascimento: 08/10/1986

Contatos: (19)99573-4134 / (19)3024-3394

Email: leonabatera@gmail.comfacebook

 

Léo Bortolin é formado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal Fluminense – RJ (2012). Se especializou como Diretor de Som pela Escola Superior de Teatro e Cinema – ESTC Amadora – em Portugal (2011). Mestre pelo programa Multimeios da UNICAMP (SP) com título: “Processos ao redor: Uma discussão entre técnica e estética a partir de uma outra escuta do filme O som ao redor.”

 

  • Ganhou os prêmios de melhor som pelo curta-metragem Command Action, no 48° Festival do Cinema Brasileiro de Brasília 2015 e no 8° Curta Taquary – Festival Internacional de Curta Metragem – PE.

 

  • Em 2016 participou do Festival de Cannes com o filme A moça que dançou com o Diabo (2016), selecionado para a competição oficial Palme d’Or. Assina a captação de som direto, design de som e supervisor de mixagem. Ganhador do prêmio “Menção especial do júri”.  Assista ao trailer

 

Alguns filmes que assina captação de som direto, design de som e supervisor de mixagem:

Amor de Picadeiro (2012) – participou de diversos festivais nacionais, entre eles o Festin (Portugal), ganhou o prêmio do Mapa Cultural Paulista 2014. – Filme completo clique aqui.

Éden (2012) – premiado melhor filme júri popular no FIIK 2012. – Filme completo clique aqui.

Ida do Diabo (2013) – exibido no Short Film Corner do Festival de Cannes 2014. – Assista completo aqui / senha: kino

Command Action (2015) – Participante da seleção oficial da Semaine de la critique, Festival de Cannes 2015. Ganhador dos prêmios de Melhor Som para curta-metragem no 48° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e no 8° Curta Taquary – Festival Internacional de Curta Metragem – PE – Assista ao trailer

O semeador (2016) – Filme completo clique aqui / senha: sower2015

 

  • Atua também como Orientador em Oficinas de Audiovisual e Desenho de Som no Cinema:

Oficina introdutória de Cinema e Audiovisual – produzido por Kino-Olho. Atuando em diversas escolas e associações de bairros da periferia de Rio Claro – SP. De julho a dezembro de 2013, orientação na realização de cinco filmes feitos pelos grupos.

Oficina introdutória de Som no Cinema (2012), produzido por Kino-Olho e Oficina On (Rio Claro – SP). Carga horária 12 horas com produção de uma narrativa sonora ficcional.

Oficina de Desenho de Som (2014) – Oficina Cultural Hilda Hilst (Campinas – SP)

Release: A atividade apresenta o processo criativo do sound designer na construção da estética sonora e na produção de sentido no audiovisual. Com foco nos conceitos empregados pelo cinema contemporâneo, será estudada a influência do som como elemento narrativo e dramático. Carga horária 24 horas.

Oficina de Trilha Sonora Experimental para Cinema (2015), realizada no SESC – Campinas – duração de 04 horas. Instrumentista e realizador da “Sessão Live Cinema” com prática ao vivo, parte integrante da programação da 9° Mostra Curta Audiovisual, de 22 a 31 de outubro 2015, em Campinas – SP.

 

  • Curador e Programador dos VI (2014) e VII (2015) FIIK – Festival Internacional de Cinema Independente Kino-Olho. Em Rio Claro – SP – http://www.kinoolho.com.br/festival/

 

  • Realizador de cinema:

Média-metragem Não Existem Profetas (2010), ganhador do “Prêmio Luis Espinal” da 6a Mostra CineTrabalho (Brazilian International Labour Film Festival) 2011: https://vimeo.com/95339707

Curta-metragem Cor...O, Lida (2012): https://vimeo.com/36117304

Filme Oro Ari, ritmos da terra (2014): https://vimeo.com/94191154

 

  • Produtor de música instrumental, instrumentista (baterista) das bandas:

Pássaro-concreto (SP) – https://passaro-concreto.bandcamp.com

Tagolê (SP) – https://soundcloud.com/tagole

Tabutril (SP) – https://tabutril.bandcamp.com/

Casa Verde (RJ) – https://soundcloud.com/casa-verde

 

 

 

 

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: