About mistake…

Filho do rigor da esperança, ativa da flor que nasce do asfalto. Mulher forte guerreira, com o ensinamento da vida na mão. Pronto a exaltar o não-escolhido, a pena dura de não olhar para trás. Fonte absoluta da resistência, o amor nunca é fácil de achar. 

Todos juntos formam o corpo nobre e suado de poeira urbana, para além da magia que não existe no ponto zero. Dominados pelo medo, são guiados no escuro por almas pouco aparentes. Não sabem quem são eles, não sabem dar o próximo passo.

E é lá que a lei atua para o óbvio poder, que não sabemos sua forma e sim sua severa ação.

Filhos do pé descalço, ombros carregados, pau e ferro. Resistência!

Andando pela rua, assistindo as luzes irem e virem, num movimento extra-perceptivo que faz o Mundo girar. A lógica estampada para cada um, junto com a venda do ser estagnado. O correto, o estilo, o padrão estampado ainda mais em vertentes para serem absorvidas e aplicadas. É assim que nasce o sentido do que entendo por ERROR!

Atitude insólita, sem saber as dimensões. Pode nascer um corpo esticado ao chão, furado por balas do inimigo.

A aplicação da morte representada pela opressão, onde os políticos estão resguardados.

E a covardia oprime o popular, Niterói e o Mundo. Mas é na luta da esperança, continuar. Nosso corpo pesa uma tonelada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: