A primeira consideração

Godô, homem do tempo

Godô, homem do tempo

Inspirações em cores e formas comporam a quebra da barreira do aleatório para mim. Eu não disse praticamente nada e isto foi um nada repleto de beleza da criatividade. Falto com um cartaz, ou melhor, idéias para ele surgir, fique a vontade, a criação virá de você. Enquanto isso a sensibilidade acompanha cena por cena dentro de um filme onde não existem profetas.

Mas que há a incerteza do dia do amanhã que não tardará em vir, sem saber que éramos assim.

E ontem foi tão real que consegui dormir de olhos abertos olhando para dentro do ser que habita o cotidiano. Transposto para um cinema que não traz a mentira e sim a desilusão, a magia em favor da técnica. Formal e eloquente, saída do último dia antes de hoje, da minha cabeça. Que fala o que vê e diz que não crê.

E o cinema é isso, arte de tranformação, sabedora do ato contra o padrão e o patrão. A noite, conversa e profetas, mesmo eles não existindo.

ao fundo, equipe

ao fundo, equipe

O sonho sendo resgatado fora dos limites da imaginação, esperança para o dia de amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: