Tempo – lugar – movimento – tempo.

luz natural para o tempo

luz natural para o tempo

Tempo – lugar – movimento – tempo.

O que mais posso esperar do tempo? É o tempo – lugar – movimento – tempo. Preso em detrimento de funções e valores. Mas o lado mudou, virei Marginal.

Fruto do progresso de idéias contra – culturais expostos pelo próprio sistema vigente. Lado – B por questão do improvável, escape do modismo e conservadorismo. Pela questão do ser social tentando se libertar e anunciando aos outros o possível transe.

Então tentamos imaginar um tempo paralelo, dotado de capacidades múltiplas de aproximação com o surreal. Porque o tempo é funcional e sabedor das técnicas de aprisionamento cerebral. Tempo – lugar – movimento – tempo.

A mudança social – econômica atravessou barreiras dos preceitos visionários. O grande é grande e busca mais. Expõe a nós, população, um caminho moral, ditado pela regra tradicional da boa convivência. Passam a defender seus próprios benefícios e moldam uma situação que não é fácil acreditar. E assim vivemos presos dentro de pequenos anseios por liberdade individual e a mais desejada coletividade.

Século XXI, profetas anunciaram um futuro bisonho, maquinário, tecnológico. Mas vemos a mentalidade grosseira de um aparato repressor da realidade. Tudo virou padronizado. Isso é o certo, qualquer variação da constante é tentativa de ferir os preceitos morais da sociedade.

Por isso o Lado – B, a reanimada na fuga do delírio premeditado, marginal nos atos e idéias. É buscar alusão ao improvável, irreal, psicodélico e vanguardista. Inspirado em pensamentos do cotidiano e na loucura, base literária, cinematográfica e musical. Arte em geral.

Tempo – lugar – movimento – tempo é paralisante, alienante numa condição fechada, controlada pelo capital financeiro. É o terror da mudança que assola as idéias, é chegar para levar a bandeira adiante. É ir ao contrário da corrente, é expandir, é virar para o lado – B.

escrito por uma mente na madrugada de julho de 2008.

Anúncios

Uma resposta to “Tempo – lugar – movimento – tempo.”

  1. John Says:

    Asuirá a mandinga do capital sobre o teu peito Léo!
    Segura que a batata é quente, abrigo de ninguém!

    yeah!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: